Reviravolta: Tribunal de Justiça acata recurso e libera funcionamento do aterro de Puxinanã

O Tribunal de Justiça da Paraíba, acatando recurso interposto pelos advogados da Construtora Planície Ltda, acabou de derrubar a liminar que determinava a interdição do equipamento, lacrado na tarde de hoje por oficiais de justiça.

O lacre do aterro foi determinado pela juíza titular da comarca de Pocinhos, Adriana Maranhão, na semana passada, atendendo a pedido de liminar apresentado pelo Escritório de Advocacia Félix Araújo em nome da Apam (Associação de Proteção Ambiental).

Com o fechamento temporário do aterro, o lixo já se acumulava em vários bairros de Campina Grande.

Nenhum comentário

.