REALIDADE: SAÚDE DE CAMPINA GRANDE TEM O SEGUNDO PIOR DESEMPENHO NO GRUPO 2 DO IDSUS NO NORDESTE

A cidade de Campina Grande tem o segundo pior IDSUS entre os municípios da região Nordeste no Grupo 2.

Índice elaborado pelo governo revela que somente 1,9% da população brasileira vive nos 347 municípios cujos serviços públicos de saúde têm notas acima de 7,0, segundo o Índice de Desempenho do SUS (IDSUS), lançado nesta quinta (1) pelo Ministério da Saúde.

A parcela dos que têm os melhores serviços públicos, segundo o índice, é menor que a dos 5,7 milhões de brasileiros que vivem nas 132 cidades com os piores serviços do Sistema Único de Saúde (SUS), isto é, com notas inferiores a 3,9. A média nacional resultante do índice é 5,4.

Campina Grande tem nota 5,08, perdendo para Arapiraca, em Alagoas, que tem nota 6,67; ganhando para Caruaru, em Pernambuco, que tem nota 4,6; perdendo paraJaboatão dos Guararapes, em Pernambuco, que tem nota 5,31; perdendo para Mossoró, no Rio Grande do Norte, que tem nota 5,09; e, perdendo para Sobral, no Ceará, que tem nota 6,38.

Com pontuação que vai de 0 a 10, as aferições levaram em conta dados sobre saúde básica, ambulatorial, hospitalar e de emergência repassados pelos municípios a bases de dados nacionais (IBGE, Ipea, entre outros) entre 2008 e 2010 (veja aqui a lista dos indicadores que integram o índice).

Ao gerar a nota, o ministério leva em conta o acesso aos serviços do SUS e se esses serviços são prestados em sua totalidade. Esses critérios, ponderados, resultam na nota final. Veja quadro em outros municípios.


Fonte: PBJá

Nenhum comentário

.