OPINIÃO: 'EFEITOS DA DESISTÊNCIA'. E MAIS: DEM VAI COBRAR ESPAÇO AO GOVERNO DO ESTADO EM CAMPINA E CÂMARA ESTARIA SENDO USADA PARA 'ACERTOS'

O anúncio do prefeito de João Pessoa, Luciano Agra, no último sábado, de que desistira da candidatura, foi, evidentemente, bombástico. Lida e relida, a sua longa carta não explica as verdadeiras razões que o levaram a tal decisão – aliás, longas explicações sempre são um artifício para não explicar. Na repercussão do anúncio, vê-se pulular na Paraíba, sobretudo na nossa bela capital, uma miríade de especulações com pretensões elucidativas, mas que, no geral, evidenciam tão somente o caráter oportunista da opinião e da (des)informação cá por estas bandas. O fato é que a decisão de Luciano Agra, se ratificada, vai para o rol dos fatos mais controversos do nosso cronicário eleitoral.

Se o socialista confirmar a desistência (entre as tantas especulações, algumas dão conta que ele poderia voltar atrás), deixará ainda mais embaralhado o cenário desta fase pré-eleitoral, podendo sua decisão respingar em Campina Grande. Acontece que não dá para acreditar que o PSB esteja mesmo disposto a apoiar o PSDB na Rainha da Borborema sem qualquer compensação, ou seja, sem uma contrapartida (entenda-se apoio) em João Pessoa. É impossível crer que haja esse desprendimento na política. E, sem Luciano Agra, que, ao menos em tese, é o nome mais forte do PSB para a sucessão na Capital, todo o apoio ao futuro candidato da sigla seria ainda mais indispensável.

Em resumo, as costuras partidárias que o PSB traçar em João Pessoa serão totalmente indiferentes ao cenário construído em Campina, de sorte que, mesmo que na capital o PSDB tenha candidato próprio, aqui os socialistas apoiarão os tucanos, de mão beijada? É improvável. Nos corredores políticos, há um fervilhar de teses sobre os rumos das duas siglas para o pleito de outubro. Mas, por falar em teses e especulações, existe uma sobre a desistência de Agra que não pode passar sem uma reflexão. Há quem jure que ele abdicou por conta das denúncias e acusações que tem recebido. Ora, se os candidatos forem desistir por isso, teremos eleições desertas em várias cidades.

Cobrança

O Democratas vai apresentar, nos próximos dias, uma reclamação e uma cobrança ao deputado federal e pré-candidato a prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, e ao vice-governador Rômulo Gouveia. A informação veio de um prócer do partido.

Alijado

Segundo o demista revelou ao Diário Político, a legenda “quer participar do Governo do Estado em Campina Grande e essa cobrança será levada a Romero e a Rômulo”. Perguntado sobre em quais espaços efetivamente o partido estaria de olho, ele disse que “o problema não é o cargo, é que o DEM não participa do governo em Campina Grande”.

Desconforto

Se o PR do deputado federal Wellington Roberto fechar aliança com o deputado estadual Guilherme Almeida, apoiando-o como candidato a prefeito da cidade, como ficará o vereador Rodolfo Rodrigues, do PR, líder do prefeito na Câmara Municipal?

Mão dupla

Como registrou o Diário Político do último domingo, contar com um apoio relevante em Campina interessa diretamente aos planos do deputado federal Wellington Roberto, que sonha com um assento no Senado da República, mas não tem como realizar seu sonho sem uma parceria expressiva no segundo maior colégio eleitoral do estado.

Solenidade

O prefeito Veneziano Vital do Rêgo sanciona hoje a Lei Complementar N° 063/2011 que institui o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração dos servidores da Secretaria de Saúde.

Denúncia

Um servidor da CMCG garante que as instalações da casa estariam sendo usadas por um vereador para reuniões com líderes comunitários cuja pauta seria a eleição para prefeito.

Frequente

As supostas reuniões estariam acontecendo tanto no gabinete do parlamentar quanto em outras áreas da Casa. O fato já teria sido comunicado ao presidente Nelson Gomes Filho.

Não aguentou

As línguas maldosas do Calçadão garantem que o jacaré do Açude Velho teria cometido suicídio, antevendo (ou, no caso, “antecheirando”) que a campanha eleitoral vai feder.

Publicado no DB de hoje

Nenhum comentário

.