'O GATO NO ESPELHO'. UMA FÁBULA SOBRE POLÍTICA, POLÍTICOS E ELEITORES

Colocado em frente ao espelho, o doce gatinho revela-se uma fera. Solta meados frenéticos, miaus ameaçadores – como se imprecasse os maiores impropérios –, põe à mostra suas garras afiadas e tenta ferir a própria imagem. Julga, ao atacar seu reflexo, defender-se de um inimigo horrendo, um demônio que se impõe face a face. O ingênuo felino desconhece a própria aparência e, ao vislumbrar seu reflexo, não gosta do que vê.

Eis uma cena que pode ser aplicada como alegoria política. Se bem repararmos, pondo à parte preferências, sentimentos e injunções partidárias e pessoais, conseguiremos perceber que o gato em frente ao espelho comporta-se de modo similar a dois políticos antagonistas. O bichano estranha seu reflexo e defende-se atacando, enquanto alguns políticos, efetivamente gêmeos univitelinos em práticas e condutas, postos cara a cara arrepiam-se e, mesmo sendo reflexo um do outro, agridem-se, tratando cada um ao seu oponente como se fosse a imagem do mal, um sinistro monstro, uma anomalia terrível.

Pelo comportamento da classe, é permitido avaliar que a política assemelha-se a um grande jogo de espelhos, afinal, a absoluta maioria dos homens públicos tem postura idêntica. Num plano geral, o que muda é apenas sua posição: quem ora é a imagem que se faz refletir em seguida passa a ser reflexo. Não é debalde que a oposição (que seria o reflexo), sempre parece de esquerda, e o governo, de direita – é só uma questão de ilusão de óptica, coisa típica dos espelhos. E da política, grande sala dos espelhos das ilusões.

Nessa fábula toda, nesse jogo de impressões, como se porta o povo? O povo está mais para cão que para gato. O povo ignora o espelho, porque, se o observasse, descobriria que usa um grande, redondo e vermelho nariz, uma pintura berrante no entorno da boca e dos olhos e um chapéu patético. Mas, o povo não se olha no espelho. Ao invés disso, mordido pela pulga chamada Democracia Brasileira, pensa que manda, julga-se uma fera e corre, frenético, com latidos ameaçadores, atrás do próprio rabo.

Composição

Além de propostas de vários partidos para a disputa proporcional, o vereador Antônio Pereira, ainda no PSB, também foi convidado para ser vice na chapa da reitora da UEPB, professora Marlene Alves, pré-candidata do PC do B à prefeitura de Campina Grande.

A aposta

Apesar de muita gente na cidade ainda acreditar que a reitora esteja apenas tentando cavar uma vaga de vice na chapa de um “figurão”, o PC do B paraibano, com apoio da cúpula nacional do partido, está apostando todas as fichas no nome de Marlene Alves como uma candidatura possível de ser viabilizada e de surpreender nas próximas eleições.

Possibilidade

Caso se confirmem as candidaturas à Prefeitura da reitora Marlene Alves, da deputada estadual Daniella Ribeiro, e da secretária de Saúde do Município, Tatiana Medeiros (PSL), as três jovens senhoras estarão escrevendo história em Campina Grande.

O recorde

Ocorre que a primeira candidatura feminina à prefeita de Campina Grande só ocorreu em 2004. E foram duas no mesmo ano: a jornalista Lídia Moura, então no PSB, e a então prefeita Cozete Barbosa, à época no PT. Logo, se tivermos três candidatas em 2012, já haverá um recorde de mulheres disputando o comando do executivo municipal.

Curiosidade

Como Cozete passou a comandar a prefeitura pela renúncia do titular, Cássio Cunha Lima, curiosamente CG teve uma prefeita antes de ter uma mulher candidata a prefeita.

Aguardem...

Por falar na ex-prefeita, Cozete Barbosa recentemente fez uma declaração com ares de mistério no Twitter. “Novidades políticas em breve”, afirmou, sem dar maiores detalhes.

Lembrando

Recentemente, o Diário Político informou, em primeira mão, que Cozete estaria prestes a fechar acordo para filiação no PSC. Ela, contudo, garantiu que nada estava resolvido.

Visível

E, por falar no PSC, é possível notar que o deputado estadual Guilherme Almeida, que é o pré-candidato do partido a prefeito de Campina Grande, tem aparecido mais na cidade.
.
Publicado no Diário da Borborema de hoje
.