EXCLUSIVO: PC DO B ABORTA MANOBRA PARA IMPEDIR CANDIDATURA DE MARLENE ALVES A PREFEITA DE CAMPINA GRANDE

Durante Conferência Estadual realizada em Campina Grande no último final de semana, o PC do B elegeu sua nova Comissão Política Municipal, órgão equivalente à executiva municipal dos demais partidos. Presidirá a CPM o professor Everaldo Catão, tendo como vice-presidente o também professor Ronaldo Meneses. No domingo anterior, o partido havia decidido oficializar a pré-candidatura da reitora da UEPB, Marlene Alves, a prefeita de Campina Grande. E a definição da nova Comissão Política foi um passo fundamental para assegurar a candidatura da reitora.

Acontece que, apesar de a direção comunista não confirmar, o Diário Político tomou conhecimento de que havia, dentro da antiga formação do CPM, o encaminhamento de uma manobra para tentar, nas convenções partidárias do ano que vem (quando são oficializadas as candidaturas), jogar uma pá de terra sobre a postulação de Marlene e fazer com que o PC do B fosse mantido na aliança com o PMDB do prefeito Veneziano Vital do Rêgo.

O principal artífice da ação seria o sindicalista José do Nascimento Coelho e teria como objetivo impedir a entrada de Marlene Alves no próximo pleito, uma candidatura aparentemente despretensiosa, mas que apresenta forte potencial de crescimento durante a campanha, o que não seria interessante para os planos de Veneziano de eleger seu sucessor. Até o fim de semana, Coelho supostamente contava com maioria na Comissão Política, o que asseguraria os votos necessários para o definitivo impedimento da candidatura própria durante a convenção de 2012.

Percebendo a construção da manobra, o comando estadual do PC do B, em sintonia com a direção nacional do partido, trabalhou para eleger uma comissão “de confiança”, que trabalhe, doravante, para fortalecer o chamado “Projeto 2012”. Por seu turno, o sindicalista Coelho, que já foi duas vezes candidato a vereador pelo PC do B (em 2004 teve 444 votos e 240 em 2008) e uma a deputado federal (em 2002, com 1.239 sufrágios) pode deixar o partido.

Sem contato

O Diário Político tentou ouvir José do Nascimento Coelho, que é presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Campina Grande, mas ele não foi localizado, provavelmente por conta das comemorações pelo Dia do Comerciário, que foi ontem.

Encontro

Os partidos que fazem oposição ao prefeito Dudu Torreão (PMDB) em Serra Branca realizaram um encontro no último sábado. O objetivo do bloco é consolidar uma frente para desbancar Dudu ou qualquer outro candidato do PMDB em 2012, já que há dúvidas sobre se o atual prefeito poderá ser candidato, por conta de problemas com a justiça.

Prefeitável verde

Durante convenção no domingo em Campina Grande, o PV cogitou a possibilidade de lançar candidatura própria a prefeito, assim como tem feito a maioria dos partidos. Um dos nomes cotados é o do presidente da AduePB, José Cristóvão de Andrade (foto).

Na prática

Entretanto, a tendência do PV é mesmo apoiar um candidato alinhado com o Governo do Estado, possivelmente o deputado federal tucano Romero Rodrigues, que, inclusive, participou do encontro. Também estiveram na convenção José Artur Almeida, que é pré-candidato a prefeito pelo PTB, e Fábio Agra Medeiros, presidente estadual do PTN.

Apoio

Veio à tona uma nota assinada pela bancada do PMDB paraibano no Congresso defendendo que o ex-governador José Maranhão assuma a presidência do partido no estado.

Ideal

No documento, datado do último dia 09, os deputados e senadores do PMDB dizem que Maranhão “é o nome ideal para conduzir em unidade o processo de reorganização partidária”.

Petista

O reitor da UFCG, Thompson Mariz, participou de um encontro da tendência “Construindo um Novo Brasil” e foi apresentado como pré-candidato do PT a prefeito de Campina.

Formal

A CNB é a tendência da qual faz parte o presidente do PT, Rodrigo Soares, que, em reunião na semana passada, formalizou o convite ao reitor. Convite que, pelo visto, foi aceito.

Publicado no DB de hoje

Nenhum comentário

.