'COELHO NEGA MANOBRA'. E MAIS: FALCÃO É CONTRA CANDIDATURA DE ROMERO E FÁBIO CRITICA SAÍDA DE JOÃO DANTAS DO PTN

O sindicalista José do Nascimento Coelho negou ontem veementemente que tenha tentado articular uma manobra dentro do PC do B municipal para impedir a candidatura da reitora da UEPB, Marlene Alves, a prefeita de Campina Grande nas próximas eleições. Ele garante que jamais se posicionaria contra uma decisão quem tem o apoio majoritário dos seus correligionários.

“O comitê municipal aprovou por unanimidade (a pré-candidatura de Marlene) e não houve nenhuma discordância sobre isso entre os camaradas do comitê municipal. Então, trata-se de uma decisão consolidada e cabe a todos seguir essa determinação. Não sei se há algum companheiro que não goste de seguir a orientação do partido, agora, eu nunca deixei de acompanhar a orientação partidária. Se fosse para não segui-la, eu preferiria não estar no partido. Mesmo, no passado, em ocasiões em que, por exemplo, discordei de alianças que foram feitas pelo partido, ainda assim acompanhei a decisão da maioria”, assegura Coelho.

O sindicalista evita criticar a leva de novas filiações ao PC do B, mas afirma que a aceitação de filiados deve ser criteriosa. “O partido está aberto para todos: trabalhadores, vereadores, lideranças comunitárias... Então, não existe porteira fechada. Mas, evidentemente, é preciso que haja critérios. Em primeiro lugar porque não é legenda de aluguel”, comentou. Coelho também faz elogios à provável candidata comunista a prefeita de Campina em 2012, e considera que a sigla sairá fortalecida da próxima refrega eleitoral.

“O partido tem tudo para crescer, dar um grande salto de qualidade. Além do mais, qual partido não gostaria de ter uma candidata com o potencial de Marlene? O PC do B sairá mais forte para as eleições de 2014, para disputar uma candidatura a deputado federal ou estadual – a depender do resultado eleitoral de 2012”, avalia. Por fim, o sindicalista, apesar de não esconder a existência de algum incômodo cujos detalhes não revela, diz que não há motivos para deixar as fileiras do PC do B.

Contra

O vereador tucano Inácio Falcão parece mesmo contrariado com a possibilidade de candidatura do seu correligionário, deputado federal Romero Rodrigues, a prefeito. Ontem, Falcão deu mais um sinal da sua indisposição para com a candidatura de Romero.

Romulista

Inácio Falcão anunciou sua pretensão de ser candidato a prefeito e foi ignorado pelo comando do PSDB que, na convenção do partido em Campina, apresentou Romero como provável candidato. Ontem, por meio de nota, o vereador defendeu o nome do vice-governador Rômulo Gouveia (PSD), a quem considera “imbatível”, para a disputa.

Aborrecido

O secretário executivo dos Recursos Hídricos e Meio Ambiente do Estado, Fábio Agra Medeiros (foto), que é presidente do PTN paraibano, não esconde seu descontentamento em relação à decisão do vereador campinense João Dantas de trocar o partido pelo PSD.

Tristeza

“Não vai acontecer nada com eles porque vão para um novo partido, mas fiquei muito triste. No caso deputada Eva Gouveia, o marido dela é presidente do partido e é natural que a esposa siga com o esposo. Agora, no caso do vereador João Dantas, a justificativa dele não nos convenceu. Lamentamos, mas vamos pra frente”, comentou Fábio Medeiros.

Mudou muito

Sobre o deputado estadual Toinho do Sopão, que quer de todo jeito ser candidato a prefeito de João Pessoa, Fábio Medeiros declarou que não consegue mais reconhecê-lo.

Freio

“Ele (Toinho) pode ter tido quantos votos quiser, mas tem que respeitar a instituição (o partido) que é pública, coletiva e democrática”, afirmou Fábio sobre os planos de Toinho.

Agenda

Deve acontecer amanhã, na Câmara de Vereadores, a Audiência Pública para discutir o Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos dos servidores da Secretaria Municipal de Saúde.

Fogo

Pela troca de farpas pública entre a secretária de Saúde Tatiana Medeiros e o presidente do Sintab, Napoleão Maracajá, a audiência poderá acontecer em temperatura máxima.

Nenhum comentário

.