AÇUDE DE BODOCONGÓ TRANSBORDA, ÁGUAS INVADEM CASAS, DESTROEM CALÇADAS E PROVOCAM INTERDIÇÃO DA PONTE


As chuvas contínuas e o excesso de água despejada na cabeceira do Açude de Bodocongó acabaram provocando seu transbordamento durante a madrugada de hoje, causando transtornos e danos materiais aos moradores da redondeza. Acontece que o sangradouro não foi suficiente para dar vazão às águas, que acabaram transbordando pela, avançando por uma das pistas do Canal e invadindo as casas.

Pelos estragos provocados, a violência da vazão e o risco de novos transbordamentos, a ponte sobre o sangradouro foi interditada e, com isso, todo o tráfego na direção Bodocongó – São José da Mata teve que ser desviado. 

Os moradores da região temem uma nova enxurrada, em especial aqueles que moram no “buraco” da Rua João Pontes, que é conhecida como “Rua do Buraco”. A baixo algumas imagens.

 Calçada e ciclovia destruídas pela enxurrada

Violência das águas sob a ponte
Bocas de lobo sem tampas: um risco a mais
Casas em perigo na chamada Rua do Buraco
Ponte interditada já se desfaz em alguns trechos

Nenhum comentário

.