VENEZIANO CORTEJA O DEM


Seguindo a norma do politicamente correto e também a estratégia de esconder o jogo, o prefeito Veneziano Vital do Rêgo evita tecer considerações sobre as eleições do ano que vem, sempre respondendo às investidas da imprensa com o infalível “2012 fica para 2012”. Na prática, todavia, nenhum cacique partidário deixa para se preocupar com as eleições apenas no ano em que elas acontecem. Ainda mais na Paraíba, onde não apenas 2012 já chegou, como até 2014 já está às portas.

Fora dos holofotes, Veneziano trabalha não apenas para encontrar um candidato viável, como também para formar um time, um bloco de partidos que resulte numa chapa forte para um pleito que promete fugir da tradição da disputa direta entre apenas dois candidatos. Nesse trabalho, o prefeito já foi buscar o pequeno PT do B, que se desgarrava para a base do vice-governador Rômulo Gouveia. Com isso, garantiu a manutenção do vacilante vereador Laelson Patrício em sua bancada e firmou um acordo com o partido para 2012.

O PT do B ainda promete ter candidato próprio, mas, qualquer projeto terá de passar, primeiro, por uma conversa com Veneziano. Uma das investidas mais recentes do peemedebista foi sobre o DEM. Apesar de o desempenho do partido nas eleições municipais de 2008 ter sido um grande fiasco, o DEM é uma das maiores siglas nacionais, promete se reforçar para 2012 e, além disso, tem uma boa cota de tempo no guia eleitoral.

Um quesito que tende a ser ainda mais relevante na refrega que se aproxima, afinal, com um maior número de candidatos relevantes, o tempo do guia ficará mais diluído. Veneziano cortejou o Democratas e, fosse por algumas lideranças municipais, o partido já estaria nos braços do PMDB. A investida do prefeito só não foi um sucesso por conta da intervenção do presidente estadual da legenda, o secretário estadual de Infraestrutura Efraim Morais. Se, em público, parece haver calmaria quanto a 2012, nos bastidores a corrida ferve. Ninguém quer – nem pode – perder tempo.

Publicado no Diário da Borborema de hoje

Nenhum comentário

.