OPINIÃO: ALENCAR E O LEGADO DA HONRA

A política tupiniquim é profundamente carente de verdadeiros bons exemplos. Em meio aos freqüentes escândalos envolvendo políticos, que de tão repetidos já são tratados pelo povo em geral como fatos banais, são raras as figuras que se firmam como emblemas de uma prática pautada pelo respeito, probidade e seriedade. A morte do ex-vice-presidente da República José Alencar furtou-nos do convívio, enquanto cidadãos brasileiros, com uma destas figuras raríssimas.

A luta de treze anos do vice-presidente contra o câncer, acompanhada dia após dia pelo povo, através dos veículos de massa, corroborou para consolidar a imagem de um homem que, apesar de muito rico, mostrava-se naturalmente simples, alguém que, a despeito da batalha implacável pela vida, mantinha-se forte e confiante, e que, mesmo quando os sinais indicavam a perda da guerra, revelava-se sereno e seguro em sua fé. A postura de José Alencar ante o sofrimento tornou-se um testemunho altivo de perseverança, esperança e fé.

Atributos tão necessários à vida de um povo que se queda à incredulidade diante da história repetida de um país de poucos, eivado de injustiças que parecem incuráveis. Um povo cuja alma é corroída pelo câncer da corrupção, da imoralidade, do jeitinho brasileiro, da impunidade, da aberrante disparidade social, sarcomas que ferem gravemente o que de mais fundamental há em todo ser humano, que é sua dignidade, e que ameaçam matar-nos as últimas esperanças.

Atacada sua dignidade, morta sua esperança, que mais resta ao homem neste mundo vil? Morreu José Alencar, vive sua história – e que sua história possa inspirar-nos. Há dois anos, ele citou Sócrates: “Não tenho medo da morte; tenho medo da desonra”. Que possamos, como brasileiros, lutar contra a desonra de sermos governados por homens sem honra, em todos os poderes, ignomínia que, embora freqüente, não pode, em absoluto, ser admitida. Vai em paz, Alencar, e que seu legado ajude a despertar esta nação para uma nova consciência.

Publicado no Diário da Borborema desta sexta-feira

Nenhum comentário

.