2012 SÓ EM 2012?

Ninguém quer abrir o jogo. Praticamente toda liderança partidária que é questionada sobre os planos para as eleições do ano que vem responde com as mesmas palavras: tratará e discutirá 2012 apenas em 2012. Uma resposta politicamente correta, é verdade, mas que evidentemente não reflete a realidade.

Não é assim que as coisas funcionam. Na prática, no cotidiano frenético e instável da política vive-se sempre pensando e projetando um passo ou dois a diante. As eleições de 2008, por exemplo, já apresentavam perspectivas para as acaloradas disputas de 2010. Da mesma forma, a pré-campanha do ano passado apontava acertos e desacertos com vistas ao pleito de 2012.

Aliás, 2012 ainda nem chegou, e as definições em torno das eleições municipais passam pelas estratégias já em curso para o aparentemente longínquo 2014. Isso acontece tanto aqui, nestas quentes e heróicas terras paraibanas, quanto em todo o Brasil. A dinâmica eleitoral não permite cochilos. Quem dorme no ponto, acaba perdendo o bonde.

Foquemos Campina Grande. Muitos já são os candidatos a pré-candidatos: Nelson Gomes Filho (ainda no PRP), Daniella Ribeiro (PP), Fernando Carvalho (ainda no PMDB), Inácio Falcão (PSDB), Guilherme Almeida (PSC), José Luiz Júnior (ainda no PSC), Romero Rodrigues (PSDB). Nesse momento, o ex-governador Cássio Cunha Lima, figura de ponta no processo, junto com o prefeito Veneziano Vital do Rêgo, está mais preocupado com a definição de seu presente e futuro político, a partir do julgamento de seu recurso para tentar assumir a vaga de senador.

Mas, para todos os resultados possíveis, Cássio já tem planos traçados para as eleições em Campina. Enquanto isso, Veneziano, que tem o trabalhoso cotidiano de administrar a cidade, também não deve deixar, nem por um dia, de analisar, pensar e discutir com figuras mais próximas, como o irmão Vitalzinho, o que fazer em 2012. A demanda do processo é essa. E a verdade inegável é que as eleições de 2012 já começaram. Faz tempo.
.
Publicado no Diário Político desta quarta-feira

Nenhum comentário

.