NA ASSEMBLEIA DAQUI, TOINHO DO SOPÃO NÃO PODE USAR CHAPÉU DE VAQUEIRO; MAS, EM RONDÔNIA, DEPUTADO USA ATÉ BONÉ


O jornalista Alexandre Araujo, paraibano que vive em Rondônia, mandou uma sugestão para o deputado Toinho do Sopão, que teve seu chapéu de couro barrado na Assembleia. Vejam o e-mail:

Sobre o fato do presidente da AL/PB, deputado Ricardo Marcelo, que quer proibir o deputado Toinho do Sopão de freqüentar as sessões da Casa usando o seu tradicional chapéu de couro. Amigo Lenildo, aqui em Rondônia tem um caso idêntico, com o atual prefeito de Ouro Preto do Oeste, município localizado na região central do estado e distante 330 km da capital Porto Velho, Alex Testoni (foto), do PTN. Ocorre que, quando o prefeito foi eleito para deputado estadual no ano de 2006, tratou logo de acertar com seus pares uma lei que permitisse freqüentar as sessões usando boné. Lenildo, o cara é conhecido como o “homem do boné”, não tira para nada, participa de solenidade oficial sempre fazendo uso da sua indumentária. Fica uma sugestão ao deputado Toinho do Sopão para consultar a AL/RO e saber melhor desta lei e, assim, o nobre parlamentar paraibano possa fazer uma homenagem ao vaqueiro nordestino, mesmo sabendo que o político quer é mais atrair os holofotes da imprensa.

Abraços,
Alexandre Araujo

Nenhum comentário

.