SMS: POR MEIO DE TORPEDO DE CELULAR, PRESIDENTE DO PT do B CAMPINENSE COMUNICA RENÚNCIA AO COMANDO ESTADUAL

Na última quinta-feira, o presidente do PT do B paraibano, Genival Matias, devia estar provando o terno para sua posse na Assembleia Legislativa, que acontece na terça, quando recebeu uma mensagem no celular, a chamada SMS, ou torpedo – termo este que melhor se ajusta ao conteúdo.
.
Em poucas palavras e sem falar em motivos, o presidente do diretório municipal do partido, Mário Cézar (foto), renunciava ao cargo. “Ele nem me ligou. Só avisou que estava entregando a presidência”, conta Genival, que disse desconhecer as razões de Mário Cézar. “Não sei quais foram os motivos. Ele não me disse nada”, revelou.
.
Genival, que recentemente aderiu ao governador Ricardo Coutinho, afirma que não repassou sua posição aos diretórios municipais, de modo a ter deixado livre o PT do B campinense para manter-se na base do prefeito Veneziano Vital do Rêgo. Sobre o substituto de Cézar, o presidente estadual disse que deverá ser um nome de consenso. “O futuro do partido será definido pelos seus filiados”, garantiu.

O vereador Laelson Patrício já manifestou interesse em comandar a legenda, que tem como vice-presidente municipal o jornalista Leunivan Bezerra. O policial civil Júlio César da Cruz, que foi candidato a deputado estadual, também. Mas, o nome preferido de Genival pode ser o de outro filiado: Alexandre Pereira da Silva, o Alexandre de Didi. Em conversa com o Diário Político, Mário Cézar, que é pastor da igreja Assembleia de Deus, justificou sua renúncia como uma decisão de cunho unicamente pessoal.

“Quero cuidar da minha vida, da minha família, da igreja. Vou voltar a estudar, prestar vestibular, faço curso de teologia no período noturno. O tempo é escasso e esse ano eu ainda teria que preparar o partido para as próximas eleições. Preferi entregar”, assegura. Seja como for, Cézar enfrentou dura oposição dentro da legenda, chegando a trocar farpas com o suplente de vereador Ribamar Oliveira e com Júlio César da Cruz. Sua renúncia já havia sido antecipada pelo Diário Político do dia 08 de dezembro.
.
Publicado no Diário Político, do Diário da Borborema de hoje - coluna assinada pelo signatário do blog

Nenhum comentário

.