OUÇA: AGUINALDO RIBEIRO DIZ QUE CRISE FINANCEIRA DO ESTADO É "CONVERSA MOLE" DO GOVERNO RICARDO COUTINHO


Para o deputado federal eleito Aguinaldo Ribeiro (PP), o governador Ricardo Coutinho estaria exagerando a gravidade da situação financeira do estado. “Todo governo que entra diz que o outro deixou as finanças quebradas. Essa tese cai por terra no momento em que houve, até o final do mês de dezembro, o pagamento de todos os salários, com seu décimo terceiro, o que demonstra que não existe essa situação de calamidade que se prega”, diz.

Para ele, a realidade é diametralmente oposta. “O estado hoje tem uma capacidade de endividamento e vai ter um nível de investimento já em caixa da ordem de R$ 2,5 bilhões. Em 2007 nós começamos a votar os primeiros empréstimos e o governo passado não cumpriu esses investimentos, ou seja, a administração atual vai iniciar a gestão com uma situação privilegiada de ter cerca de R$ 2,5 bilhões de investimentos, e o restante dos recursos da arrecadação vai estar disponível inteiramente para custeio, para manter a máquina”, pondera.

Aguinaldo Ribeiro ainda declara enfaticamente uma posição de independência do PP. “Nós temos a responsabilidade de manter a coerência, de não entrar no jogo político, porque graças a Deus nós somos independentes. Eu não estou aqui para agradar nem a Ricardo Coutinho, nem a Maranhão, nem a Cássio e nem a quem quer que seja. Tenho responsabilidade só com o povo da Paraíba”, conclui.

Ouça estas e outras declarações de Aguinaldo, pronunciadas durante o programa "Fogo Cruzado" de sábado, na Rádio Cariri, apresentado por Josusmar Barbosa e Lenildo Ferreira.

Nenhum comentário

.