PAPO DE SEGUNDA

Nesta segunda-feira, entrevistamos no Jornal da Cariri o presidente da Associação Paraibana dos Criadores de Caprinos e Ovinos (Apacco), Luiz Gonzaga Targino de Moura. Seu Luiz é juiz aposentado e, desde que o conheci, há alguns meses, o chamo assim, “Seu Luiz”, por respeito aos seus cabelos brancos amarelados. Pois bem. Hoje, ele foi à rádio para falar das reivindicações dos criadores de caprinos e ovinos apresentadas em reunião com o governador eleito Ricardo Coutinho.

Lá pelas tantas, alguém ligou e chamou a atenção para o fato de Seu Luiz ser juiz aposentado, devendo, no seu entender, ser chamado de doutor. Gustavo Ribeiro me cochichou sobre a ligação e depois, provocador, disse no ar:

– Lenildo, chame o homem de doutor, ele é juiz.

Seu Luiz, que não tem aquela empáfia de alguns dos nossos magistrados, dispensou a exigência: “Sou um criador de pé no chão”. E a mim, restou complementar:

– Só chamo juiz, promotor e advogado de doutor no fórum, em audiência.

Devia ter dito que também chamo juiz assim em ocasião formal, em que seu juízo esteja na pauta. Gustavo ainda tratou de emendar minha declaração, para esclarecer que a audiência a que me referia não seria, de certo, um julgamento em que fosse o réu. Exatamente, Gustavo.

Meritíssimo

Seu Luiz estava na rádio na condição de presidente da Apacco, e não enquanto juiz ou juiz aposentado. Outra coisa: juiz é uma função pública, e não a marca do indivíduo.

Essa coisa de tremer diante de juiz (assim como endeusar médico, colocar político no andor e encantar-se perante advogado – todos estes “doutores”) ainda é típica de um atraso renitente em nossa cultura.

Falando nele

Seu Luiz revelou que a Paraíba é o maior mercado produtor de leite de cabra do País, mas a produção ainda está bem aquém do que pode vir a ser se o Governo do Estado apoiar o setor.

O ministro

O governador José Maranhão deve andar de fígado azedo com alguns de seus assessores, que vivem de criar factóides pensando com isso promovê-lo. Foi assim quando disseram ao peemedebista que ele ia ganhar a eleição de goleada. Foi assim agora com essa história de ser ministro. Conversa das mais furadas.

Saúde

Dizem que a saúde na Paraíba está em estado de coma. É bondade de quem diz. A saúde aqui está mortinha da silva, em estado de putrefação. É uma vergonha, um escândalo, um absurdo.

Uma ótima semana

Meu desejo de uma ótima semana para: os amigos jornalistas Bastos Farias e Josusmar Barbosa, que degustam no café da manhã quase todo dia um prato de bode com cuscuz, coisinha leve; Joacir Oliveira, o melhor noticiarista do rádio paraibano, que, no entanto, não tem mais paciência para exercer a função; meu amigo Márcio Santana, que não lê esse blog porque vive numa preguiça terrível; o professor Fábio Maia, presidente do PSB campinense, que mantém a esperança da unificar os propósitos e ações da legenda; o competente vereador Olimpio Oliveira, sempre antenado com as necessidades da população; o maior poeta popular da atualidade e um dos maiores de todos os tempos, Manoel Monteiro, que, pela sensibilidade de Olimpio, torna-se cidadão campinense nesta terça-feira – para honra de Campina Grande.

Nenhum comentário

.