COMANDANTE DO II BATALHÃO NEGA QUE PM TENHA AGIDO EM FAVOR DE MARANHÃO, MAS ADMITE 'DESVIOS DE CONDUTA'


O comandante do II Batalhão de Polícia Militar, tenente coronel Marcos Alexandre de Oliveira Sobreira, negou esta semana, durante entrevista ao Jornal da Cariri, que a PM tenha trabalhado para favorecer a candidatura do governador José Maranhão no pleito de outubro. “A PM procurou trabalhar de forma imparcial, porque entendemos que vivemos em um País democrático. Cada um tem suas convicções e entendimentos. A missão precípua da polícia é garantir a preservação da ordem pública, garantir os direitos individuais e coletivos das pessoas”, disse.

O comandante, no entanto, reconheceu a possibilidade da ocorrência do que chamou de “desvios de conduta”, segundo ele contrários à orientação do comando estadual da corporação. “Sem dúvida pode ter havido desvio de conduta. Agora, isso não é a orientação, a recomendação sequer do comandante geral da corporação. A recomendação é trabalhar de forma isenta, de forma imparcial, buscar isso de forma incessante”, afirmou.

Ouça o trecho da fala do comandante Sobreira à Rádio Cariri, com maiores detalhes.

Nenhum comentário

.