SUCESSÃO 2012: FERNANDO CARVALHO MANDA NOVO RECADO PARA VENEZIANO: SE NÃO ME QUISEREM, HÁ QUEM ME QUEIRA

O vereador Fernando Carvalho, ex-líder do prefeito Veneziano Vital do Rêgo na Câmara, já vem deixando claro que espera contar com o apoio do PMDB e, sobretudo, do clã Vital do Rêgo, na disputa pela Prefeitura, em 2012. Ao contrário de outros peemedebistas, Carvalho estrilou quando, para prejuízo de aliados, Veneziano e Vitalzinho resolveram lançar a mãe, Nilda Gondim, para deputada federal.

Este fato, aliás, parece ter fortalecido a convicção de Fernando Carvalho de que Veneziano lhe deve a colaboração para 2012. Ele olha de lado, e não vê outro nome dentro do PMDB para a sucessão municipal. Quem seria seu concorrente? Dentro do PMDB, não há.

Ora, se não existe concorrência dentro da própria legenda, o vereador parece recusar-se a aceitar que essa concorrência venha de fora. É a lógica matemática de Fernando Carvalho. Uma lógica que vai além: como pode Veneziano passar dois mandatos como prefeito de Campina Grande e, no entanto, não conseguir formar um eventual sucessor dentro do próprio partido?

Com todos esses pensamentos em mente, o vereador fez sua assessoria dar ampla repercussão ao convite que recebeu de Wellington Roberto, do PR, para migrar para o partido do deputado federal, que lhe garantiria legenda para disputar a prefeitura.

Se sem o apoio de Veneziano Carvalho é ou não um candidato viável, é outra história. Certamente seus horizontes ficam mais distantes. Mas, em suas contas, o vereador sabe que, se for novamente preterido pelo PMDB, não terá horizonte nenhum. O recado foi dado a Veneziano e Vitalzinho. Que só optarão pelo nome de Fernando Carvalho se não encontrarem nenhuma outra opção que lhes seja mais interessante.

Nenhum comentário

.