OPINIÃO: COISA DE OUTRO MUNDO

Uma reunião do senador Cícero Lucena (PSDB) com o prefeito de João Pessoa Luciano Agra (PSB), que se encontraram em Brasília para tratar da viabilização de recursos para obras estruturantes para a Capital, mereceu grande repercussão. Lá estaria, crêem alguns incautos, um exemplo inequívoco de que a mesquinharia política tão em voga na Paraíba estaria sendo deixada de lado, em prol dos interesses da sociedade.

Quase houve pedido de palmas para Cícero e Agra, por uma atitude que seria o mínimo do mínimo que se pode esperar de agentes políticos escolhidos pelo povo para cuidarem dos interesses da maioria, e não para politicarem conforme seus próprios umbigos.

Os dois poderiam, entretanto, merecerem aplausos por, pelo menos, fugirem à regra da nossa guerrilha política tradicional. Mas, não é o caso. O encontro de Cícero Lucena e Luciano Agra foi para eleitor ver. São os primeiros passos, os primeiros gestos político-eleitorais mais claros rumo às eleições de 2012. Cícero é candidatíssimo a prefeito de João Pessoa e Agra quer mostrar competência para firmar-se também como candidato.

Daí vem o encontro e a foto, registro essencial de dois adversários em armistício, civilizada e republicanamente, unidos pelo bem comum, como se isso – se existisse – devesse ser coisa de outro mundo. E o é: de outro mundo que não a Paraíba.

Aqui pela Rainha da Borborema, o prefeito Veneziano Vital já cuidou de avisar que espera parcerias com o Governo do Estado, boa vontade de Ricardo Coutinho, colaboração do vice, Rômulo Gouveia. O outro lado assegura que a recíproca é verdadeira. No meio, ficam os campinenses, torcendo para que as belas palavras virem realidade e as tais parcerias existam.

Esperam, mas esperam desconfiados, escaldados e sentados, cientes de que não há santos na política – nem mesmo beatos. Tenhamos esperança, mas vigiemos e cobremos, afinal, o momento em que os políticos mais fazem politicagem é justamente quando procuram mostrar que não o estão fazendo.

Publicado no Diário Político do Diário da Borborema desta quinta-feira

Nenhum comentário

.