CONHEÇAM 'AS TRÊS VERDADES DE DEUS', ADAPTAÇÃO DE JANDUHI DANTAS DO CONTO 'DE QUE VIVEM OS HOMENS', DE TOLSTOI

Recebi, na semana passada, um belo presente do professor e poeta Janduhi Dantas (a quem João Dantas, quando perguntei se eram parentes, chamou de “Cabeção”): trata-se do livreto “As três verdades de Deus”, uma primorosa adaptação sua do conto “De que vivem os homens”, de Léon Tolstoi, para a literatura de cordel. A obra, por si já digna de muitos aplausos tanto pela excelente qualidade quanto por trazer Tolstoi ao cordel, linguagem identificada com as raízes mais populares da nossa gente, ainda é belamente emoldurada pelas ilustrações de Edglei Dias Rodrigues.

Janduhi também brindou-me com dois cordeis que encerram o mais inato humor do legítimo cordelista: “O enterro da beata fofoqueira” e “A mulher que vendeu o marido por R$ 1,99”.

Se alguém, por acaso, ainda não ligou o nome à pessoa, e a pessoa à obra, Janduhi Dantas é o autor da famosa “A gramática no cordel”, agora com reedição pela editora Vozes, sob o título "Lições de Gramática em Versos de Cordel" e, conforme Janduhi, “devidamente atualizada conforme o Novo Acordo Ortográfico, com quase 400 estrofes, e já em 2ª edição”.

Recomendo a todos vocês às obras de Janduhi Dantas, com o testemunho sincero de um cabra apaixonado pela nossa cultura popular, e que não se cansa de aplaudir gente de talento, competência e criatividade – caso de Janduhi.

Os cordeis do poeta podem ser encontrados nas bancas do Orlando, da Suane (ambas na Praça da Bandeira); no Sebo do Ronaldo, que fica na praça Clementino Procópio; na Livraria Cultura, da Avenida Getúlio Vargas; e também em uma das bancas da Rodoviária Nova. A Gramática pode ser adquirida pelo site da editora Vozes (clique AQUI). E-mail: jdantasn@yahoo.com.br.

Janduhi, obrigado pela honra, parabéns e um forte abraço!

Nenhum comentário

.