DEMOCRACIA À MODA PARAIBANA

Ainda ontem comentávamos que os últimos dias do pleito deste ano prometiam desaguar numa baixaria sem limites. Não é preciso ser profeta para sabê-lo. Basta olhar o passado recente e observar os indícios atuais. Tem sido sempre assim e desta vez não é diferente.

São inúmeras acusações circulando na mídia diariamente, e um número ainda maior delas que chegam ao nosso conhecimento em “off”, indo desde armações fraudulentas de figuras mal intencionadas até desabafos de gente de bem, cidadãos comuns chocados com o vale tudo eleitoral. Para estes cidadãos, o processo eleitoral está se tornando um período enfadonho, em que a credibilidade das instituições fenece.

É uma democracia do caos, da força opressora, da violência e da coação; da compra de votos, das armadilhas, da mentira, das mais sórdidas táticas de guerra de informação e desinformação. Uma batalha na qual o objetivo não é conquistar mentes e corações pelo poder das idéias, mas sim ludibriar consciências, pelo emprego dos instrumentos mais ignominiosos possíveis.

Vivemos uma democracia do medo, em que a liberdade é um delírio, e a soberania popular não passa de um engodo. Afinal, um povo não pode exercer plenamente sua soberania sendo manipulado, coagido e enganado. E não pode haver democracia onde não há liberdade e soberania popular.

No fim de semana, Campina Grande virou praça de guerra, ao ponto de quase registrarmos uma troca de tiros entre as polícias Militar e Federal. O ambiente beligerante na cidade é inquestionável e a torcida geral é para que as tropas federais possam desembarcar aqui logo. Pena que esse “logo” será apenas na véspera da eleição.

Mas, a verdade é que esse clima absurdo permeia os quatro cantos da Paraíba. Quem patrocina tudo isso? É uma pergunta mais ou menos difícil de responder, já que são fatos que se repetem eleição após eleição. Ousamos dizer que tudo isso já é uma cultura da democracia paraibana. Uma deplorável cultura que nada tem a ver com democracia.

Publicado no Diário da Borborema de hoje

Nenhum comentário

.