CARLOS DUNGA NEGA VEEMENTEMENTE QUE TENHA PASSADO POR SUA CABEÇA DESISTIR DE CANDIDATURA

O candidato a deputado estadual Carlos Dunga (PTB) desmentiu nota veiculada pela coluna do jornalista Lenildo Ferreira, do jornal Diário da Borborema desta segunda-feira (9) sobre uma eventual desistência em concorrer a uma vaga na Assembleia Legislativa este ano. Carlos Dunga disse que em nenhum momento deu qualquer declaração neste sentido e que jamais pensou em desistir de sua candidatura.

Carlos Dunga esclareceu, no entanto, que as manifestações de apoio ao seu projeto político só tem aumentado a cada dia. “Estamos firmes no nosso propósito de chegar a Assembleia, e ao contrário do que foi especulado, não tememos o coeficiente eleitoral de nossa coligação”, frisou.

Para Dunga, sua candidatura representa, sobretudo, a luta do homem do campo que sofre com a estiagem. Ele disse ainda que só tem acumulado vitórias no seu currículo político em mais de 40 anos de vida pública. “Com o apoio dos amigos e principalmente do povo paraibano chegaremos a mais uma vitória em outubro, se Deus quiser”, afirmou.

Carlos Dunga disse também que atualmente tem atuação política em mais de 30 municípios, onde conta com o apoio de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças locais.

Municípios de atuação: Boqueirão, Pedra Branca, Caturité, São José de Espinharas, Boa Vista, Juazeirinho, Queimadas, Alcantil, Riacho de Santo Antonio, Barra de Santana, Barra de São Miguel, Aroeiras, Umbuzeiro, Campina Grande, João Pessoa, Pombal, Tenório, Taperoá, Gado Bravo, Paulista, Areia, Conceição, Itaporanga, Piancó, Riacho dos Cavalos, Santa Cecília do Umbuzeiro, São Bentinho, Cabaceiras, Mogeiro, Soledade.

(Texto da assessoria de Dunga)

----
A nota desmentida por Carlos Dunga (que me ligou irritadíssimo, embora sem qualquer desrespeito) é a seguinte, publicada na última segunda-feira no Diário da Borborema:

Dunga fora

O suplente de senador Carlos Dunga (PTB) estaria cogitando a possibilidade de desistir de sua candidatura, por temer que sua coligação não consiga atingir o quociente eleitoral. Acontece que tanta gente está sendo impugnada na coligação de Dunga que só restariam ele e Daniella Ribeiro (PP) dos candidatos considerados “de peso”.

Nenhum comentário

.