CONTRARIANDO INTERESSES DO ESTADO, ROBERTO CAVALCANTI VOTOU CONTRA REDISTRIBUIÇÃO DOS ROYALTIES DO PETRÓLEO

O senador do PRB Roberto Cavalcanti (foto) foi um dos 28 senadores que votou contra a redistribuição dos royalties do petróleo, projeto que contempla com maior justiça todas as unidades da Federação e pode trazer mais alívio para os municípios brasileiros. A matéria foi aprovada pelo Senado na madrugada da última quinta-feira e, se passar pela Câmara e for sancionada por Lula, beneficiará profundamente a Paraíba.

Como desculpa para o estranho posicionamento, Cavalcanti, suplente de senador que assumiu o mandato com a renúncia de José Maranhão quando este assumiu o Governo do Estado, alegou que votou contra o projeto por recomendação de sua bancada. No Senado, o PRB tem apenas mais um senador, além do paraibano: Marcelo Crivella, vorazmente contra a redistribuição por ser do Rio de Janeiro.

Logo, o senador paraibano, em meio a uma luta da maioria dos estados pela redistribuição dos royalties, votou contra os interesses da Paraíba, seu Estado, tão carente de recursos, para atender a um posicionamento favorável aos reclames do Rio de Janeiro.

Se, embora exercendo um mandato tão importante, Roberto Cavalcanti não demonstrava a menor possibilidade de ser eleito pelo povo para manter-se no Congresso, depois desse episódio, teria menos ainda o que esperar do eleitorado paraibano, apesar da inconsciência geral dos eleitores. Mas, o empresário alimenta a esperança de uma nova suplência.
.
Veja a lista completa com o voto de cada senador no site da Confederação Nacional dos Municípios, clicando AQUI.

Nenhum comentário

.